Qual é a posição da nossa geração no espaço público? 

 

Não terá ela uma palavra a dizer sobre o que se passa no país e no mundo?   

IMG_4015_JPG.webp

Há ideias que nascem de uma conversa.

Cinco jovens combinaram sentar-se num café determinados a encontrar uma resposta para estas questões. Uma patologia comum

juntava-os: a vontade de expressar opiniões sobre o que os rodeia. Assim nasceu o jornal 

Crónico - Patologicamente Inconformado.​

Somos um espaço pensado para jovens que partilham este diagnóstico. Queremos dar voz a uma geração que é muitas vezes recebida com indiferença no que toca à sua preocupação pela sociedade.

Respeitando os princípios máximos da fidelidade à verdade, da liberdade de expressão e do direito à opinião, assumimos que os jovens devem ser parte integrante na construção de uma sociedade civicamente empenhada. Acreditamos que da reflexão nasce a preocupação social e uma geração preocupada será necessariamente patologicamente inconformada.

Princípios Editoriais

A edição tomará os princípios fundadores do CRÓNICO no seu modus operandi. Para efeitos de esclarecimento, são eles:

 

O respeito pela pluralidade;

 

O cumprimento da verdade;

 

O direito à opinião livre e fundamentada;

 

A completa rejeição de dogmas ou bases ideológicas que possam impor limites ao conteúdo veiculado;

 

O respeito pela diferença argumentativa dos seus cronistas;

 

Imparcialidade na apreciação do texto.