Sincopado: Unlimited Dreams

Numa altura em que é cada vez mais difícil vender discos, ainda melhor que haver uma categoria de Melhor Álbum Jazz nos Prémios Play, são os nomeados e o vencedor da mesma. “Unlimited Dreams” de João Lencastre’s Communion é um disco de temas compostos ao piano pelo baterista João Lencastre, contando com nomes de peso do jazz em Portugal: Ricardo Toscano no saxofone alto, Nelson Cascais no contrabaixo, João Hasselberg no baixo elétrico, André Fernandes e Pedro Branco na guitarra elétrica.

de Cristina Rogeiro




Se quisermos muito pô-lo numa caixa, este álbum vai para a do jazz rock, introduzido com um enigmático “Clouds”, seguido de um “Insomnia” narrado pelo saxofone alto. Em “The Mystery Path”, tudo o que vem a seguir é um mistério.



Já que falamos em imprevisibilidade, em "Mitose", não estávamos à espera de ouvir um pouco de punk rock. “No Filters” é uma construção de quase 6 minutos, que culmina num claro momento de revelação até ao fim do tema e, finalmente,"Unlimited Dreams" fecha o disco resumindo o mesmo ao revisitar ideias exploradas anteriormente.



Sabe bem ver um trabalho longe de tudo o que é mainstream inserido num evento mainstream. Quanto aos outros nomeados, “Garfo”, “A Tribo” e “Ilumina”, são igualmente dignos da nossa atenção.