Obrigado, Bruno


A Quarentena ensinou-nos várias coisas, que não sabíamos serem possíveis e o Mundo é, de facto, um sítio diferente. Sabemos agora que o Natal realmente pode ser quando o homem quiser, especialmente quando esse homem é o Bruno Nogueira. Sabemos também, que cada ecrã pode esconder um novo herói, símbolo, ou amigo. Bruno, obrigado por seres amigo de tanta gente!

Ilustração e texto de João Moreira