WhatsApp%20Image%202019-12-09%20at%2020.

Francisco Costal

Católico, benfiquista, conservador: as três palavras-chave que resumem a sua doutrina (a maior parte das vezes por esta ordem).

Habituou-se a procurar Deus na beleza das coisas: no silêncio de Fátima e no fervor desconcertante dos pescadores de Santo Antão; nos planos de John Ford e nos versos de Sufjan Stevens; no Sol dos Scorta e nas impossibilidades de Messi.

Gostava de escrever com regularidade e, quem sabe, ser escritor. Nas horas vagas, estuda Medicina.

Os seus amigos dizem que é medianamente cromo. Deve ser por biografias como esta.

Artigos